Matrix. E se pudesse substituir todos os mensageiros por um só?

A forma descentralizada de como Matrix funciona.

A oferta que existe atualmente a nível de ferramentas de comunicação, vulgarmente conhecidos por mensageiros, permite uma liberdade de opção mas também trás consigo uma desvantagem. Para um utilizador que pretenda ter uma duvida técnica relacionada com tecnologia ou pretenda manter contacto com os desenvolvedores um software ou sistema operativo, procura o IRC, sendo o Gitter hoje uma alternativa credível. Se é gamer e pretenda acompanhar os seus amigos gamers usa o Discord. Se pretende manter contacto com amigos com amigos ou grupos de conversa usa o Telegram ou Whatsapp. Além destas ainda existe o popular Facebook Messenger. Isto só para dar alguns exemplos.

Ou seja, se há muita opção de escolha há quase uma obrigação de usar múltiplas plataformas de mensagens. O que não é propriamente muito conveniente. Foi um pouco por isto que surgiu Matrix.

O que é Matrix?
Videoconferência através de Matrix

Matrix é um protocolo opensource e rede descentralizada de comunicação. Descentralizada porque tem vários servidores interligados. Para melhor entender esta ideia da rede descentralizada podemos pegar no exemplo dos emails, o protocolo permite a ligação entre os vários servidores tais como o @hotmail, o @gmail, e por ai fora.

Entrando num servidor Matrix através dos múltiplos clientes existentes somos bafejados com o sabor nostálgico do antigo IRC. Matrix dispõe de várias salas de chat, que fazem lembrar um pouco os canais do IRC. Mas Matrix é mais do que isto em termos de funcionalidades. Pode competir com o Slack, pois permite transferência de ficheiros, chamadas de voz, chamadas de vídeo e videoconferências (isto via WebRTC).

Este diagrama demonstra o funcionamento das pontes.

Matrix permite também a criação de comunidades que incluem diversas salas e utilizadores. Imagine quer unir uma equipa de trabalho relacionado a um software que produz e distribui. Numa sala pode reunir a equipa de desenvolvimento, noutra a equipa do artwork, noutra a equipa que faz a promoção do produto. E por ai fora.

Mas porquê a conversa inicial dos múltiplos mensageiros?

Quem já usou Matrix já deve ter reparado que junto ao nome de utilizador de outros participantes, surge várias várias referencias a um servidor IRC ou ao Telegram, isto só para citar alguns exemplos. Porquê? Aqui reside uma das maiores virtudes de Matrix. Pois suporta a integração e pontes com outras plataformas. Como IRC, Gitter, Telegram, Slack, Signal, etc. Ou seja, o utilizador através de um servidor Matrix pode interagir com grupos e pessoas que estejam a utilizar Slack, IRC e Gitter, etc.

Abaixo pode ver alguns exemplos de integrações e pontes suportadas.

Se algumas pontes, como a do Gitter, IRC e Slack são suportadas nativamente outras pontes necessitam da intervenção do utilizador. Brevemente irei publicar um artigo indicando como configurar a ligação do Telegram à rede Matrix.

Para ter acesso à rede Matrix o utilizador precisa de utilizar um dos vários clientes existentes, sendo o mais popular o Riot.im por ser multi-plataforma, tendo clientes desktop e mobile.

Esta nova forma de comunicação tem vindo a alcançar um sucesso crescente, ao ponto do governo de França optar por esta ferramenta como forma de comunicação interna.

Deixe um comentário