Nova versão do Ubuntu: Confira as novidades

smart-scopes

Como é normal em cada 6 meses (Abril e Outubro) sai uma nova versão do Ubuntu. Esta nova versão, a 13.10 vem como a designação de Saucy Salamander e ao contrário da anterior não trás muitas novidades. Contudo, apesar de poucas, as novidades não deixam de ser relevantes. Vamos a elas:

  • Smart Scopes. Já era possível usar na versão anterior mas no 13.10 vem nativamente e melhorada. As Smart Scopes são algumas lentes para o Unity (ambiente de trabalho do Ubuntu) que integrarão melhor ainda as buscas locais e na internet tornando o sistema mais “inteligente” e dinâmico. Alguns dos serviços que as Smart Scopes suportam são DeviantArt, Facebook, Ficheiros e Directórios, Flickr, Firefox Bookmarks, Google Drive, Google News, IMDB, Launchpad, Music Store, Picasa, Vídeos (YouTube, Vimeo e etc) e SoundCloud, entre outros.
  • Correcção do tema pré-definido especialmente no Nautilus (Gestor de Ficheiros).
  • Actualização do Unity para a versão 7.1.2. Em termos práticos traduz-se num sistema mais veloz e com muitos bugs corrigidos. O Centro de Software recebeu um algumas melhorias permitindo agora instalar pacotes .deb que contenham todas as dependências necessárias em si de maneira totalmente offline.
  • O LightDM, gestor de login, foi actualizado para a versão 1.7.4, com suporte ao Mir (ler abaixo).
  • Agora é possível ligar-se no Ubuntu One (sistema de alojamento de ficheiros identico ao Dropbox que vem com o Ubuntu) directamente na instalação do sistema. O que permite o Ubuntu One Client venha já devidamente configurado com os seus dados, essa conta também é usada para instalar programas pagos, usar o Ubuntu Music Store e activar os a recomendação de programas que o Centro de Software permite. Em suma ficamos com todos os serviços em uma única conta, um pouco ao exemplo de como faz o Google.

Uma novidade que se aguardava para esta versão seria o MIR/Xmir, um novo servidor gráfico que está a ser desenvolvido pela Canonical (companhia ligada ao desenvolvimento do Ubuntu) e que acabou por não ser incluído nesta versão devido a alguns problemas técnicos encontrados, no entanto os mais curiosos podem-no instalar pelo Centro de Software.

A próxima versão terá como nome, Trusty Tahr. A 14.04 (ano 14, mês 4) será uma versão LTS (Long Term Support), ou seja, ao contrário das outras versões que têm suporte a nível de actualizações de segurança de 9 meses, esta terá suporte alargado por 5 anos. Estas versões caracterizam-se por serem as mais estáveis e mais recomendadas para uso profissional. Esta nova versão já incluirá o Mir e significará mais um importante passo na convergência entre o sistema desktop e o sistema para dispositivos moveis, denominado por Ubuntu Touch e que acabou de ver a sua versão 1.0 ser lançada em conjunto com o Ubuntu 13.10

Pode fazer download pelo site do Ubuntu ou seguir os conselhos do Ubuntued, um excelente site nacional dedicado a este sistema operativo.

Deixe um comentário